Adoecimento, Amizade e Travessia

R$27,00

Reflexões sobre Grande Sertão, Veredas de Guimarães Rosa

Livreto + 1 DVD

Seminário realizado em 8 de março de 2008 no LET - Laboratório de Estudos da Transicionalidade 

Aula 3: O primeiro encontro entre Riobaldo e Diadorim

Neste laboratório Gilberto Safra utiliza-se de um texto de Guimarães Rosa para mostrar as analogias entre o encontro clínico e o encontro solidário e originário entre Riobaldo e Diadorim.
Trecho inicial da fala do Prof. Gilberto Safra nesta aula No seu sentido originário adoecer é a situação pela qual a pessoa, na sua existência, encontra possibilidades de ver revelados aspectos  fundamentais da condição humana. O adoecer, quando acolhido, possibilita que a pessoa que adoece possa apreender todas as facetas da precariedade humana e adquirir um saber. Toda pessoa que adoece sabe da sua dor e da dor humana, sabe dos fatores fundamentais da condição humana.

É muito intereressante que Riobaldo associe esta possibilidade dentro dos costumes que está narrando, como a oferta de uma sacola para poder esmolar.

Adoecer é possibilidade de uma pessoa reconhecer que do ponto de vista originário e ontológico somos pobres. Ser pobre é mais do que não ter recursos econômicos, é saber de si como ser em carência, em necessidade. O ser humano ontologicamente é ser carente, é ser em necessidade. Adoecer, estar esmolando na vida, é estar em abertura fundamental para o que a vida pode oferecer, em disponibilidade para o que o Outro pode ofertar.

Nas grandes religiões e nos grandes filósofos encontramos reflexões sobre a pobreza, sobre o fato de se encontrar na fraqueza a possibilidade de ser gente, de ser Homem.

Em encontros passados, ao estudar Simone Weil, vimos como ela coloca que um dos problemas importantes no mundo moderno é o fato que  experenciamos  um self gordo, excessivamente cheio. Fato este que retira do Homem essa carência fundamental e a possibilidade de viver com o Outro a experiência  de companhia, de solidariedade e  de  amizade.

Grande parte dos adoecimentos psíquicos se refere ao fato de uma luta onde a pessoa reluta de se acolher e se aceitar como pobre. Riobaldo se apresenta neste momento como alguém que adoeceu, foi ?escavado?: a doença retirou o excesso e ele está com a sacola vazia, está em espera.

SOBRE ESTES SEMINÁRIOS

Por que ler Grande Sertão,Veredas de Guimarães Rosa é importante para  o terapeuta?

A primeira parte do curso se inicia pela resposta a esta pergunta. Introduzindo o conceito de "palavra quebrada", Gilberto irá mostrar a convergência entre a narrativa clínica significativa e a narrativa de Riobaldo. Sensibilizar o terapeuta para o momento clínico criativo e mutativo é uma das metas destas aulas sobre Grande Sertão, Veredas. Poder perceber quando na clínica o dizer do cliente sobrepuja o dito é uma tarefa importante que nem sempre se aprende nos cursos voltados exclusivamente para a clínica. A literatura pode ser de grande ajuda neste refinamento clínico. Guimarães Rosa, nesta obra, segundo as palavras de Gilberto Safra,  nos coloca numa situação de limpeza de ouvido que nos obriga a  receber o novo. Outros temas deste percurso: como reconhecer o lugar que o texto nos coloca como ouvintes? Grande Sertão transita no registro da oralidade, que é também o registro da clínica. E como a experiência clínica Grande Sertão é um texto que nos atrái e nos draga para dentro de si. Nestas duas aulas que compõem a primeira parte deste curso, Gilberto Safra irá ler e comentar desde o início do livro, tirando de cada trecho os ensinamentos pertinentes a uma clínica voltada para o Real, a Verdade, a experiência e a criatividade. 

Segundo as palavras de Gilberto, que poderíamos transpor para a situação de terapeutas frente a um paciente: Tudo é novo, é estranho, enigmático e nós temos que para progredir, consentir que o texto nos afete e nos carregue.       
OUTRAS AULAS DESTE CURSO:

Palavra quebrada: momento poético na clínica
Reflexões sobre Grandes Sertões, Veredas de Guimarães Rosa 

Memória e sentimento ontológico
Reflexões sobre Grandes Sertões, Veredas de Guimarães Rosa
   

COD: 3375
Categoria: Artes e Literatura na Formação clínica
Tags: Guimarães Rosa, Simone Weil
Autor: Gilberto SafraEditora: Sobornost
Tipo: DVD 

voltar para Cursos e Conferências em DVD e MP3

left tsN fwB show|left tsN fwB bsd b01s|left show fwB bsd b01s|bnull||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c05|b01 c05 bsd|news login normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|||