Criatividade

R$29,00

Implicações para o ser humano e para a clínica

Livreto + 1 DVD

Conferência proferida em São Paulo em 17 de outubro de 2008 na Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo no XVII Encontro Latino-americano:  Pensamento de Winnicott  - Ressonâncias 

SINOPSE

Nesta apresentação Gilberto Safra se concentrou em mostrar os desdobramentos que acontecem a partir do uso do conceito de criatividade para o ser humano e para a clínica.
Ao colocar esta visão de Winnicott, Gilberto Safra se afasta de uma leitura que considera Winnicott um autor otimista. Safra se junta a Winnicott ao conceber o ser humano como ser transitório, sempre provisório, sujeito às agonias impensáveis e necessitado da presença do Outro para prosseguir no seu percurso. Trecho inicial da conferência. Geralmente se aborda o tema da criatividade como sendo resultado de uma operação psíquica. Diferentes concepções teóricas se baseiam neste pressuposto.
Winnicott apresenta o tema da criatividade não como decorrente do fenômeno psíquico mas como faceta originária da condição humana. Isso implica uma visão antropológica e um modo especifico de manejar e conduzir a situação clinica.
No lugar de termos a equação  ‘psíquico origina ato criativo’, em Winnicott a ação criativa é que origina o psíquico. O psíquico, para este autor, é uma aquisição ao longo do processo maturacional.
É algo a ser alcançado a partir dos acontecimentos originários mãe-bebê, que possibilita o início do aparecimento do si mesmo.
Abordar o ser humano como sendo este ser que possui esta criatividade primária, esta condição originária, nos demanda uma reflexão de como essa situação pode ser compreendida na situação clínica.
Vamos discutir o tema da criatividade em três registros distintos, que articulam uma compreensão semelhante sobre o ser humano. O ser humano se constitui pela ação, pelo gesto. Ser humano é liberdade e é responsabilidade.  Em outros termos, determinações biológicas, transgeracionais, sócio-culturais não são suficientes para eliminar a característica fundante do ser humano como ser que promove o inédito, a ruptura.
O ser humano nasce e vive como ser continuamente inacabado.
Nasce, vive e morre inacabado. Ele se reinventa. O ser humano acontece em meio à orfandade, à precariedade e ao desamparo.  

COD: 5183
Categoria: Uma formação clínica baseada na ética para o mundo contemporâneo
Tags: Donald Winnicott
Autor: Gilberto SafraEditora: Sobornost
Tipo: DVD 

voltar para Cursos e Conferências em DVD e MP3

left tsN fwB show|left tsN fwB bsd b01s|left show fwB bsd b01s|bnull||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c05|b01 c05 bsd|news login normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|||