Pesquisa em psicologia clínica - Uso de material clínico

R$27,00

Psicopedagogia e criatividade em Winnicott

livreto (4 pág) + 1 CD áudio MP3

livreto (4 pág) + 1 CD áudio MP3



Aula 5 do CURSO COMPLETO Orientando projetos e teses na perspectiva winnicottiana

Aula ministrada em 24 de março de 2009
Gravada em CD de áudio MP3 - duração total: 45 minutos

Você pode adquirir esta aula separadamente ou como parte do CURSO COMPLETO Orientando projetos e teses na perspectiva Winnicottiana.

PARA VER O CURSO COMPLETO CLIQUE AQUI
Trecho inicial da aula Podemos discutir aspectos epistemológicos e metodológicos para chegar à raiz da pesquisa em psicologia clínica. A Psicologia é um campo híbrido: se tem desde concepções psicológicas que estão no campo do naturalismo e outras que estão no campo das humanidades. È diferente a investigação em cada campo. No campo naturalista temos a pesquisa teórico-experimental. No campo da pesquisa nas humanidades temos a importância da investigação que se assenta no que chamamos estudo de caso. O estudo de caso ao longo da história se torna um procedimento fundamental numa das perspectivas metodológicas do campo da psicologia clinica, o denominado método clínico. Este método é  bastante utilizado como caminho de investigação. Um método que é considerado relevante, que implica uma investigação sistemática por meio do estudo de caso. Este estudo de caso é o que chamamos de procedimento. Podemos realizar a pesquisa em método clinico em diferentes vértices. Posso utilizar o método compreensivo. Esta é uma maneira de investigar em que o pesquisador usa de entrevista, testes, observação de vida das pessoas que participam de pesquisa, para ter uma visão contextualizada da situação das pessoas que fazem parte da pesquisa. Dentro ainda do campo do método clínico temos todos os métodos que estão sob a perspectiva intersubjetiva, desde estudos fenomenológicos em que o pesquisador toma a perspectiva intersubjetiva e a descreve frente a uma questão ou vértice, até a pesquisa feita no campo da psicanálise, quando se toma como fenômeno privilegiado a questão da transferência, como conceito articulador fundamental  no estudo de caso. Portanto vamos encontrar inúmeras investigações dentro dessa perspectiva de método clínico. No trabalho exposto hoje a aluna usa o método clínico  porque a questão que traz emerge da situação clínica psicopedagógica. Mas ouvindo seu trabalho, vemos que temos, por um lado, um foco privilegiado que aparece na discussão do texto, e  que acontece ao redor da questão da hesitação, e temos outro foco que fica subjacente à discussão que faz, que é o paradigma utilizado na psicopedagogia. São dois campos de discussão presentes no mesmo trabalho. Uma discussão ocorre ao redor da questão da hesitação e uma discussão sobre o paradigma da psicopedagogia.

COD: 157515
Categoria: Métodos de investigação em psicologia clínica e psicanálise
Autor: Gilberto SafraEditora: Sobornost
Tipo: DVD 

voltar para Cursos e Conferências em DVD e MP3

left tsN fwB show|left tsN fwB bsd b01s|left show fwB bsd b01s|bnull||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c05|b01 c05 bsd|news login normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|||