Gilberto Safra

Gilberto Safra é psicanalista, professor titular do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), ex-docente no Programa de Estudos Pós Graduação em Psicologia Clínica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), orientador de teses e pesquisador.

Em 1995 criou o Laboratório de Estudos da Transicionalidade, LET, espaço multidisciplinar de debates e pesquisas voltado para o desenvolvimento do pensamento clínico.

Safra distingue-se por uma abordagem original do pensamento de Winnicott, que se integra a uma proposta que expande e redimensiona a prática psicanalítica. Suas contribuições fizeram dele uma referência para os estudiosos do autor inglês nos meios acadêmicos e profissionais.

Sua singularidade enquanto pensador, sua congruência, seu domínio de vários campos do saber e sua capacidade didática têm sido responsáveis pela crescente audiência em seus cursos e conferências, que se tornam experiências transformadoras para quem os assiste.

Criando seu caminho próprio a partir da obra de Winnicott, Gilberto Safra elaborou uma síntese que integra idéias de filósofos contemporâneos como Husserl, Edith Stein e Simone Weil, de místicos como Santa Teresa e Dionísio Aropagita, de teólogos russos como Soloviev e Florensky, de escritores como Dostoievski e Clarice Lispector e de poetas como Adélia Prado e Fernando Pessoa.

Gilberto reconhece a necessidade de contemplar o acontecer humano a nível ontológico e teleológico. Nesta perspectiva antropológica, sua visão transborda os limites da psicologia e da psicanálise clássicas e faz face a temas relativos ao ser humano como a precariedade, a criatividade, a empatia, a religiosidade, o idioma pessoal, a corporeidade, entre outros.

Sem que com isso ele perca de vista a dimensão histórica do ser humano, sua inserção num campo social e cultural, que traz exigências específicas para o trabalho clínico contemporâneo, fundado nas noções de intersubjetividade, ética e comunidade de destino.

Graduou-se em Psicologia no Instituto de Psicologia da USP (IPUSP) em 1975. No ano de 1984 obteve o título de Mestre por meio de uma pesquisa clínica que apresenta um método de consulta terapêutica infantil,  posteriormente publicada sob o título Curando com histórias (Sobornost, 2005).

Em 1990 concluiu seu doutorado, publicado sob o título Momentos mutativos em Psicanálise: uma visão winnicottiana (Casa do Psicólogo, 1996 - título esgotado). Sua tese de Livre Docência foi defendida em 1999 e transformada no livro A face estética do self: teoria e clínica (Unimarco, 2000).

Em 2004 publicou A po-ética na clínica contemporânea (Idéias & Letras). Em dezembro deste mesmo ano foi aprovado no concurso de Professor Titular do Departamento de Psicologia Clínica do IPUSP.

Em 2005 foi um do fundadores das Edições Sobornost, através da qual foram publicados os livros Curando com Histórias e Revisitando Piggle à venda neste site. E em 2006 publicou Hermenêutica na clínica contemporânea e Desvelando a memória do humano. Através desta mesma editora publicou cerca de 350 títulos sob a forma de DVDs e CDs-MP3, que acompanham livretos.

left tsN fwB show|left tsN fwB bsd b01s|left show fwB bsd b01s|bnull||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c05|b01 c05 bsd|news login normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|||